Como sobreviver a um inverno em Portugal?

Atualizado: Out 26

É verdade que o inverno aqui não é tão rigoroso quanto o restante da Europa, mas então, por que passamos tanto frio?

Torre - Serra da Estrela

O inverno em Portugal possui temperaturas bem acima da média se compararmos ao resto da Europa. A mínima mais fria de 2019 foi negativa, em Bragança, com -0,6°C. Mas a média dos meses mais frios, fica lá pelos 5°C.


Mas como sabemos, as temperaturas só tendem a aumentar, graças às alterações climáticas (infelizmente), por isso, dificilmente alcançaremos uma mínima tão baixa novamente.

As "boas" temperaturas do inverno fazem com que muitos imigrantes procurem o país para morar, como é o caso dos brasileiros, que pensam que não passarão tanto frio, e dos britânicos, que são a terceira comunidade imigrante de Portugal e querem fugir dos dias nublados do Reino Unido.


Além da imigração, o clima em Portugal também atrai milhares de turistas europeus que fogem do frio de seus países para andar de bermudas no inverno de Portugal! =)

Falta de Infraestrutura

O problema é que quando chegam aqui encontram casas e apartamentos despreparados para o inverno, por mais ameno que ele seja. Durante o inverno em Portugal, estar dentro de casa pode ser pior do que estar fora.


As moradias aqui ficam extremamente geladas se não tiverem a estrutura necessária para a estação mais fria. E não só as moradias, como também hospitais, escolas, edifícios públicos e comerciais.


O fato é que Portugal fica em 5° lugar de casas mais mal aquecidas no ranking da União Europeia feito em 2019. No inverno em Portugal, 20% das pessoas não consegue manter suas casas suficientemente aquecidas, uma estatística que só perde para Bulgária, Lituânia, Grécia e Chipre.


Quem mais sofre com isso são os idosos, principalmente os que vivem em casas antigas, e a população carente. Ambos não possuem condições de investirem para melhorar a eficiência energética das casas em que vivem.


Certificação Energética

A Certificação Energética das casas é uma classificação que está diretamente relacionada com a eficiência energética da mesma. Muitos fatores influenciam seu resultado, como vidros duplos, isolamentos ou eletrodomésticos novos, por exemplo.


Expliquei também sobre ela no post que conta as diferenças entre os imóveis em Portugal e no Brasil.

Se a casa tem uma boa certificação energética (de C para cima), ela estará mais preparada para o inverno. Pode ser que ela tenha aquecimento central, vidros duplos, um bom isolamento térmico, entre outros.


Porém, apenas as mais novas ou as renovadas conseguem uma boa classificação, já que antigamente não havia meios eficazes para suprir esta necessidade e, hoje, muitos ainda não possuem condições financeiras para fazer estas adaptações. Por isso, na hora de alugar um apartamento ou casa, preste sempre atenção na certificação energética.


Energia Cara

Outro fator que contribui para que as casas fiquem mais frias no inverno em Portugal, é o preço da eletricidade por aqui. Se a casa não possui isolamento e boa eficiência energética, aquecê-la será muito mais difícil e, consequentemente, muito mais caro.


No ranking da União Europeia, Portugal fica em 8° lugar dos países com a energia elétrica mais cara. O custo do kWh é de 0,21€, enquanto o mais caro, na Dinamarca, o kWh chega a 0,29€.


Acrescido a este problema estão os impostos. Em Portugal, 49% da conta de luz são taxas. Ou seja, uma família carente não consegue arcar com a despesa de gastar 10€, 20€ a mais por mês durante o inverno em Portugal.


Esta é apenas uma das despesas quando fazemos o planejamento para imigrar.

Afinal, quanto custa morar em Portugal?


Investimento do Governo

O Governo de Portugal vem de fato implementando medidas que visam melhorar a eficiência energética e fazer com que menos pessoas passem frio.


Uma delas é o Programa de Apoio Edifícios Mais Sustentáveis, que incentiva a promoção da eficiência energética e dá apoio financeiro para proprietários de edifícios que aderirem ao programa. Já para os donos de imóveis, o Casa Eficiente 2020, concede empréstimos para que as pessoas consigam fazer as obras para a melhoria da eficiência energética, com peritos e empresas especializadas no assunto.


Outra grande conquista para a população, e que vai ajudar principalmente no inverno em Portugal, foi a redução do IVA da eletricidade para as tarifas de consumo baixo. Além da tarifa social, implantada há tempos e que beneficia as famílias de baixa renda.


Mas como sobreviver a um inverno em Portugal?

Se você não tem uma casa com boa eficiência energética, provavelmente estará cheio de blusas quando chegar o inverno em Portugal. Eu mesma estou de luva enquanto digito esse texto aqui para vocês e ainda não é inverno.


Então, confira essas dicas para passar um inverno mais quentinho:


Aquecer as extremidades

A dica é aquecer as extremidades e o pescoço. Luvas, meias, tocas e cachecóis deixam o corpo mais quente. E quando chegar realmente o inverno em Portugal, proteja-se. Eu tive frieiras o ano passado nos dedos da mão, um tipo de inflamação nas extremidades por causa do frio e da umidade.

Essa foi minha mão durante quase um mês

Use luvas para lavar a louça e não use água muito quente, a mudança abrupta de temperatura também contribui para as frieiras aparecerem.


Não deixar o vento entrar

Outra dica é fechar as persianas quando o sol de põe, assim evita que o vento gelado entre, caso você não tenha vidros duplos. Tente vedar ao máximo as frestinhas nas janelas.


Concentrar-se em um cômodo

É claro que você não precisa viver só na sala ou só no quarto, mas deixe as portas fechadas para manter o calor ali. Isso também facilitará na hora de usar um aquecedor, por exemplo.


Optar pelo gás

Se possível, opte pelos aquecedores a gás que são mais baratos que os elétricos. Em casa, por exemplo, há lareira, mas só na sala. Então, perto da hora de dormir, ligo um pouco o aquecedor, que é elétrico mesmo, no quarto fechado.


Tomar bebidas quentes

Chás e cafés para dar aquela aquecida no corpo. Uma sopinha também cai muito bem.


Enrole-se em um cobertor bem quentinho e bom inverno! ❄️



Por Camila Ciberi para @quesejaportugal


*Fontes: Jornal o Público, Eurostat, Governo de Portugal.

Leia também outros posts:

NotíciasImigraçãoRelatos DicasLugaresGastronomiaConhecimento



Deixe seu comentário:

logo-quesejaportugal-jpg.jpg

Viver e morar em Portugal

Escrevemos com carinho para você amar Portugal do jeito que ela é e não do jeito que querem te vender.

© 2020 Que Seja Portugal. Feito com carinho ♥️