Como é morar no Norte de Portugal?

Uma das regiões que mais atrai brasileiros, a região tem suas peculiaridade e beleza, mas afinal, como é morar no Norte de Portugal? Conheça melhor a região e descubra os atrativos locais

Cais da Ribeira - Porto, Portugal

A região norte de Portugal é uma das principais do país, formada por cinco concelhos: Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança.


A região Norte de Portugal é uma das mais densamente ocupadas do país, concentrando 35% da população, e tem na cidade do Porto a “capital”. Cada região apresenta suas particularidades, tradições e costumes.

Morar no norte é ter um estilo de vida mais tranquilo, apesar de ter grandes cidades, não há aquela correria típica de Lisboa, por exemplo.


Além disso, a região tem vários atrativos turísticos, explorar a região e conhecer um pouco mais da cultura local é uma boa oportunidade para entender o norte e o povo nortenho. Uma coisa é fato, o norte é uma região acolhedora e, particularmente, não trocaria por outra.


Saiba como morar em Portugal, quais são os documentos necessários e como planejar sua mudança.


Clima

A região norte de Portugal é a mais chuvosa do país, os invernos são mais intensos e a chuva nesse período não dá trégua. O clima oficial da região é o temperado com inverno chuvoso e verão seco e pouco quente, ou seja, mesmo no verão as temperaturas não são tão elevadas quanto no centro-sul do país.


Enquanto em Lisboa, a temperatura média em 2019 foi de 18,1º C, no Porto ela ficou quase 3º abaixo, registrando média de 15,3º C. Se subir um pouco mais no mapa, em Bragança a média ficou em 13,2º C. O inverno em Portugal tem suas peculiaridades e acabamos sentindo mais frio, mesmo com temperaturas mais amenas do que o restante da Europa. Saiba porque isso acontece.

Morar no Norte significa ter invernos bem chuvosos.

No inverno, a chuva é bastante persistente, são cerca de 150 dias de chuva por ano, na zona do Porto, por exemplo. No período mais intenso de precipitações, geralmente em dezembro, a chuva é intensa, com semanas de chuva ininterruptas.


Conheça o clima de Portugal e saiba como são as outras regiões.


Praia no norte de Portugal

Apesar do frio e da chuva, a região norte de Portugal tem boas praias que atraem principalmente os turistas locais. É bom ter em mente que não é uma região praiana como o Algarve, mas existem boas praias, como a praia de Leça, com as piscinas naturais, a praia do Cabedelo em Viana do Castelo e a praia do Senhor da Pedra, em Vila Nova de Gaia.


Um atrativo imperdível do norte são as praias fluviais, a região tem vários rios que em algumas zonas atrai muitos frequentadores no verão. A praia da Lomba em Gondomar é uma das principais do rio Douro, há também a praia fluvial da Congida, próxima à fronteira com a Espanha.



Comidas típicas

Se tem algo que o norte de Portugal se orgulha é sua comida, são muitos os pratos típicos que enchem a mesa nortenha. No geral, a comida é mais pesada, especialmente para aguentar o tempo mais frio. As carnes e o bacalhau estão presentes na maioria dos pratos.


A seguir, listamos alguns dos pratos típicos e de onde são:

Francesinha: prato do Porto, é um sanduíche com carnes de porco e, sem dúvida, o molho é o grande segredo, com um toque apimentado, ele é imperdível;

Francesinha, prato típico do Porto.

Tripas à moda do Porto: também da capital nortenha, as tripas são feitas com a mistura de vários tipos de carnes, embutidos e feijão branco, ideal para um dia frio e chuvoso de inverno;

Tripas à moda do Porto

Cozido à Portuguesa: é um prato típico da região do Douro, feito a base de legumes, carnes e embutidos é um prato mais pesado, mas muito consumido nos almoços de família;

Cozido à portuguesa

Bacalhau à Braga: também é uma iguaria local, típico da capital bracarense, o prato é imperdível, especialmente para os amantes do peixe;

Bacalhau à Braga

Alheira de Mirandela: da cidade de mesmo nome é uma das sete maravilhas culinárias portuguesas, a alheira é um tipo de embutido com tempero bem característico.

Alheira de Mirandela

São muitos outros típicos da região, confira também os 12 pratos portugueses que são verdadeiras obras-primas e quanto custa comer fora em Portugal.


Mercado de trabalho no Norte de Portugal

A região norte de Portugal tem dois dos principais pólos de emprego do país. Enquanto Lisboa e a região metropolitana concentra boa parte dos empregos, outra parcela significativa está distribuída entre Porto e Braga. Por serem cidades grandes para os padrões portugueses, é natural que muitas das vagas de trabalho estejam concentradas nessa região.


Com oportunidades em várias áreas, desde a tecnologia até o turismo, conseguir uma oportunidade de trabalhar em Portugal pode ser mais promissor na região. Mas é bom, antes de se mudar, estudar melhor o mercado na sua área e conhecer o mercado de trabalho em Portugal, isso porque, alguns profissionais dependendo da área vão encontrar poucas oportunidades no norte.


Assim, faça uma busca por vagas seja no LinkedIn ou em sites especializados e esteja preparado com seu currículo no padrão europeu. Saiba como fazer o currículo perfeito e sair na frente nesta busca.


Um detalhe importante, no geral, os salários da região são intermediários, ou seja, são mais baixos que em Lisboa, mas nas principais cidades são mais elevados que no restante do país. Atenção que no interior os salários são mais baixos, assim como o custo de vida, mas é bom analisar bem as oportunidades antes de tomar qualquer decisão.


Estudar no Norte de Portugal

O norte de Portugal concentra algumas das melhores universidades do país, como a Universidade do Porto e a Universidade do Minho. Por isso, tem se tornado um dos destinos mais buscados pelos estudantes brasileiros no país.


Estudar no Porto

A principal cidade do norte é também onde está o maior número de estudantes brasileiros na região. A Universidade do Porto é o principal destino dos estudantes, é uma universidade renomada e com cursos bem conceituados.

O Porto também abriga outras universidades, como o Politécnico do Porto, a Universidade Católica, a Lusófona, Fernando Pessoa, entre outras. Com um amplo leque de oportunidades e cursos, estudar no Porto é uma opção bem atrativa.


Estudar em Braga

A segunda principal cidade da região, abriga outra das principais universidades do país, a Universidade do Minho. O principal campus da universidade está na cidade, por isso, é considerada por muitos como uma cidade universitária, com clima bem propício para quem quer aproveitar o período. Em Braga também há um campus da Universidade Católica.


Estudar em Guimarães

Estudar em Guimarães também pode ser uma possibilidade, a cidade abriga um campus da Universidade do Minho e atrai muitos estudantes, principalmente na área de arquitetura e engenharia. Na cidade também está a Escola Superior Artística, com cursos como artes visuais e design.

O charme de Guimarães, no Norte de Portugal.

Aeroportos e conexão com outros destinos internacionais

O principal aeroporto da região norte de Portugal é o Francisco Sá Carneiro, no Porto, também é um dos principais aeroportos do país. Em 2019, recebeu mais de 13 milhões de viajantes e, assim, se tornou a principal porta de entrada do norte.


O aeroporto recebe voos diretos do Brasil, vindos de São Paulo e de Campinas. Do Aeroporto do Porto é possível pegar um ônibus, ou ainda, um trem com destino às principais cidades da região.


Sotaque

Apesar de ser muito menor que o Brasil, em Portugal também existem diferentes sotaques. São pelo menos 5 variações que estão diretamente ligadas às regiões e às ilhas. Assim, é preciso se acostumar com o sotaque.


No norte de Portugal, o sotaque é mais carregado e para quem não teve contato com o português de Portugal pode ser um pouco mais difícil se adaptar. Também no sotaque é comum que existam algumas pegadinhas, como a troca do v pelo b na hora de falar.


Mas claro, alguns elementos mais carregados do sotaque são pouco vistos nas principais cidades, como o Porto e Braga. É mais comum encontrar portugueses com sotaque nas aldeias do interior, especialmente entre a população mais velha.

Foz do Douro, no Porto, Portugal

Gírias e expressões

Assim como toda região, existem algumas gírias e expressões bem típicas do norte. Por exemplo, arreganhar a tacha é a expressão local para rir e mostrar os dentes. Se você está mal-humorado, é o mesmo que estar de beiças. Agora se enrolar na hora de falar alguma coisa, é comer o caco.


Algumas expressões são pouco ouvidas, isso porque algumas são mais faladas nas aldeias, mas é possível ouvir expressões como estar com a rebarba, para uma ressaca daquelas, ou morrinha para aquela chuva fininha que não pára.


Vale a pena morar no Norte de Portugal?

Se você gosta de um friozinho e não se importa com os longos períodos de chuva, então vale sim morar no Norte de Portugal. A região é bastante acolhedora, o povo simpático e a comida boa.


Mas é sempre bom entender o que funciona para você antes de escolher um lugar para viver. Por exemplo, se você prefere sol e calor, o norte não é uma boa opção. Para algumas carreiras também pode não ter boas oportunidades.


Mas, no geral, é uma região boa para se viver, com muitas facilidades e cidades lindas. Também tem custos mais baixos e qualidade de vida. Seja em relação à segurança, saúde ou educação, a região é tudo que é preciso para viver bem e com tranquilidade.


Aproveite e se inscreva em nossa news para saber todas as notícias e informações relevantes de Portugal!



Por Carolina Sanches, do Euro Dicas.


Imagens de comidas: Pingo Doce, Correio da Manhã, Cookidoo, NCultura.

Leia também outros posts:

NotíciasImigraçãoRelatos DicasLugaresGastronomiaConhecimento


Deixe seu comentário:

logo-quesejaportugal-jpg.jpg

Viver e morar em Portugal

Escrevemos com carinho para você amar Portugal do jeito que ela é e não do jeito que querem te vender.

© 2020 Que Seja Portugal. Feito com carinho ♥️