O respeito à cultura do novo país

Atualizado: Ago 2

Ainda que haja similaridades entre Brasil e Portugal, as culturas são muito diferentes e é preciso entender isso antes de se mudar

Imagem: Ceoagro

Muita gente do Brasil escolhe morar em Portugal pela proximidade do idioma. Sim, ambos falam português e isso pode ser um facilitador. Mas, existem muitas diferenças no português de Portugal e no português do Brasil. E se há tanto o que aprender somente na linguagem, imagine culturalmente.


Em primeiro lugar, Portugal está localizado em um outro continente, em outro hemisfério, com outro clima e estações do ano completamente diferentes das nossas. Isso, por si só, já fazem a cultura do lugar ser outra.


E por que entender a cultura do outro país?

Isso vale para qualquer lugar que você for morar ou visitar. É preciso entender o mínimo do local e a cultura vem nesse pacote. Por exemplo, já pensou se vai visitar algum país muçulmano, onde as mulheres não podem mostrar o cabelo, precisam usar véu. Se você mostrar, é falta de respeito, as pessoas locais vão olhar e comentar. Por mais que você seja turista e não pertença àquela religião, é preciso ter respeito.


Em uma situação em que você vai mudar de país, esse respeito é ainda mais fundamental.


Ah, mas como vou entender a cultura de um lugar que eu não conheço?


Hoje, já não há mais desculpa. Tem internet, tem tv, tem blog, tem redes sociais, tem depoimentos infinitos de pessoas que já viajaram, que já moraram.


Então, ter conhecimento e entender a cultura do país que você escolheu como lar é o primeiro passo para sua adaptação.


Mas se mesmo com essas informações, você ainda não entendeu direito como é a vida no país. A minha sugestão é muito simples: observe.

Imagem: Jcomp/freepik

Sente-se na praia e perceba como os demais se comportam, o que pode, o que não pode, o que eu devo e o que não devo fazer. Vá em um restaurante local, veja as pessoas, seus comportamentos. E aqui, leia-se o verbo ver como enxergar e entender o que está acontecendo ao seu redor.


Nada melhor do que observar quem nasceu ali. E caso tenha dúvidas, pergunte!

Perguntar nunca vai ofender ninguém. Porém, fazer o errado porque teve preguiça ou insegurança de perguntar, aí pode ser ofensivo.


Quer morar em Portugal?

Veja aqui os tipos de vistos de residência que você pode solicitar.


Um por todos

Uma das coisas que notei conversando com alguns portugueses que conheci é que eles não gostam de quem imigra e quer viver da maneira como vivia em seu país de origem, sem se integrar à nova comunidade.


Por isso, conhecer e tentar se encaixar é muito importante no processo de mudança. Além do que, irá fazer com que sua adaptação seja mais tranquila.


Sendo à turismo ou quando nos mudamos, o nosso comportamento nunca vai ser só nosso. Ele sempre estará atrelado à nossa etnia. Então, o que você faz é a representação do seu país de origem como um todo.

Diferenças entre Brasil e Portugal

O que percebi muito aqui é que o brasileiro é muito afobado, quer tudo rápido, o que não funciona em Portugal.


Costumamos chegar nos lugares e nos dirigir às pessoas para perguntar uma informação sem dar bom dia ou boa tarde e ir direto ao assunto. Ou chegar em um restaurante e sentar-se a uma mesa qualquer, que você escolheu.


Aqui, isso não é visto com bons olhos. Eles prezam muito por esse cumprimento inicial, um "bom dia", "boa tarde", um "como vai?". Se ainda não percebeu, teste. Você será tratado com muito mais educação. Isso funciona no atendimento telefônico também.


E no restaurante espere o garçom te receber e te direcionar à mesa.


Em Portugal, eles também não costumam escutar música muito alta em casa. Em reuniões em casa ou mesmo em festas, se há música, ela é muito baixa, sem incomodar. Na praia ou no transporte público, a mesma coisa. Não há portugueses escutando sem fone de ouvidos ou com caixinhas de som.


Eles também não falam alto em lugares públicos e em restaurantes. O tom é baixo e calmo, na maioria das vezes.


Problemas físicos de adaptação? Sim, tive!

Vem ler aqui.

Imagem: Celestini Galande Advogados

O jeitinho brasileiro

É uma característica nossa já. Não dá pra negar. Mas esse jeitinho não funciona aqui. É verdade que a regra aqui é algo de difícil interpretação e, muitas vezes, a prática é diferente da teoria. Mas não adianta que você não vai conseguir contornar uma regra usando a malandragem.


Para entender melhor sobre as regras e burocracias em Portugal, clique aqui.

O jeitinho direto do português

Muita, mas muita, gente que vem pra cá diz que os portugueses são rudes, que são grosseiros. Algumas vezes podem ser sim, mas não é a regra. Na verdade, eles são mal interpretados por nós, brasileiros.


Somos um povo caloroso, cheios de cautela para dizer a verdade ao outro, não queremos ofender ou magoar. Procuramos falar o que precisa ser dito de uma maneira mais sutil. Somos assim. Essa é a nossa cultura.

Aqui é diferente. Eu encaro como um jeito mais sincero e objetivo de ser. Se é preciso ser dito, será. Não importa como. E a lógica para qualquer resposta é muito literal. Por exemplo:

- Você tem horas?

- Sim.


E acabou. Você não perguntou que horas eram.


Escutei um caso real uma vez: ela aguardava o elevador no andar, ele chegou, a porta abriu e havia uma senhora dentro. Ela perguntou à senhora:

- Está subindo ou descendo?

A senhora:

- Está parado!


Isso realmente acontece. Não é grosseria, é apenas o jeito deles, a cultura.


Por isso, conhecer a cultura é essencial. O conhecimento é sempre o que fará você sair na frente, não importa o contexto. Mesmo que seja difícil e que você não concorde, tentar se encaixar é importante. Mas mais importante ainda é o respeito. Respeito com a cultura alheia e com o outro.


Não se esqueça de assinar nossa newsletter ao final da página! Esses relatos são divulgados antes por lá. =)


Por Camila Ciberi para @quesejportugal

Destaques dos nossos parceiros:


Seguro Viagem é obrigatório para a Europa, escolha o melhor custo-benefício para você sem sair de casa, faça agora uma cotação e adquira online neste LINK.


Airbnb é a melhor maneira para encontrar lugares para ficar com avaliações excelentes e as comodidades de que você necessita, e de presente você ainda ganha até R$ 179 para se hospedar, comece por AQUI.


Banco N26 é um banco digital alemão, você abre sua conta em 8 minutos sem precisar falar com ninguém e ainda recebe um cartão de débito MasterCard em casa. Tenha uma conta na Europa gratuitamente acessando por AQUI.


Transferwise é uma ferramenta online que transfere o seu dinheiro do Brasil para a Europa, sendo mais barato que o seu banco ou sua corretora de câmbio. Faça agora uma cotação online veja como é mais barato clicando AQUI.

logo-quesejaportugal-jpg.jpg

Viver e morar em Portugal

Escrevemos com carinho para você amar Portugal do jeito que ela é e não do jeito que querem te vender.

© 2020 Que Seja Portugal. Feito com carinho ♥️