O trespasse pode ser uma opção para ter o seu próprio negócio em Portugal

Atualizado: 16 de Out de 2019

Se você pretende empreender em Portugal, o trespasse pode ser uma opção sem precisar fazer grandes aquisições e ter a possibilidade de começar um negócio que já está em funcionamento.


É comum entre os portugueses ter o seu próprio negócio através da aquisição de um trespasse. Isto porque implica menos custos de abertura da empresa, não obriga necessariamente a aquisição de equipamentos e de mobiliário novo ou até a realização de obras ou reformas para iniciar o negócio.


As opções são muitas, por exemplo: cafeterias (pastelarias), papelaria, restaurante, cabeleireiro, clínicas, lavanderia e etc.


Saiba que é possível fazer um financiamento para adquirir um trespasse, porém se você é recém-chegado em Portugal, pode ser que não consiga crédito de imediato nos bancos em função de não ter um histórico financeiro no país, então, a única opção seria o pagamento à vista.

Consultoria Imobiliária 🇵🇹 Em parceria com um consultor português nós oferecemos todo o apoio para você encontrar o seu imóvel em Lisboa e regiões próximas. Entre em contato para SABER MAIS

O que é um trespasse?

O trespasse nada mais é como muito utilizado no Brasil “passa-se o ponto”. Consiste na passagem de um negócio em funcionamento de uma pessoa para outra, transferindo um estabelecimento comercial.


Ao adquirir um trespasse, é necessário que seja considerado a transferência do negócio para a posse do novo proprietário, não só o estabelecimento em si, como ainda todos os bens e direitos, tangíveis ou não, que fazem parte do patrimônio da empresa ou do proprietário que pretende efetuar o trespasse.


O objetivo é que, imediatamente após a transição de posse, o novo proprietário possa ter o estabelecimento completamente funcional. Em resumo, o novo proprietário será o novo dono não só das instalações, mas também dos respectivos utensílios, mercadorias, mobiliário e quaisquer outros elementos essenciais ao funcionamento do negócio, como é o caso de colaboradores, caso existam, clientela, equipamentos, fornecedores, etc.


Por fim, é necessário que o ramo de negócio continue sendo o mesmo. Não é possível efetuar a transferência e alterar o ramo de negócio.


4 passos importantes para o trespasse:

1) Escolha o local

Você pode encontrar trespasses em vários sites e imobiliárias. Neste caso, oferecemos uma consultoria imobiliária em parceria com a JT Imóveis de Portugal. Veja, no final deste post, algumas das nossas opções de trespasse.

2) Financiamento

Valide bem o mercado em que você vai atuar e, caso você precise fazer um financiamento, saiba que será necessário ter um bom relacionamento o com o seu banco para conseguir crédito.


3) Contrato

O trespasse deve ser concretizado através de um contrato escrito sem necessidade de se realizar uma escritura pública. Este documento deve conter a identificação do vendedor e do comprador do trespasse, bem como o custo total do mesmo e a forma de pagamento. Normalmente o consultor imobiliário faz esta intermediação para facilitar o negócio.


4) Caso o imóvel seja arrendado

Normalmente o negócio possui o imóvel arrendado (alugado), então, após a celebração do contrato, deve-se informar o senhorio do local em questão para apresentação do novo inquilino.


Atenção aos detalhes

No entanto, é sempre importante levar em consideração se existem dívidas a liquidar por parte do vendedor, para não ter problemas no futuro.


Além disso, deve ainda perceber qual a intenção do senhorio, para que o processo de trespasse se desenrole da melhor forma e você possa se sentir seguro o arrendamento.

Por fim, é importante planejar qual é a expectativa de retorno mensal para garantir que conseguirá se comprometer com às eventuais prestações mensais do financiamento, arrendamento e outros custos do negócio.


Veja abaixo algumas opções de trespasse em Lisboa através da JT Imóveis:


Conheça todos os imóveis da JT Imóveis para Comprar, Arrendar ou Trespassar em Portugal > https://www.jtimoveis.pt/

Nossos Parceiros:


Banco N26 é um banco digital alemão, você abre sua conta pelo celular sem precisar falar com ninguém e ainda recebe um cartão de débito MasterCard em casa. Tenha uma conta na Europa gratuitamente, sem taxas e sem burocracia. ABRA SUA CONTA


AirHelp o seu voo atrasou? Foi cancelado? Poderá receber até € 600 ou R$ 5.000,00 de compensação. Envie os dados do voo para a AirHelp e em 3 minutos saberá se tem direito! SAIBA AGORA


Seguro Viagem é obrigatório para a Europa, escolha o melhor custo-benefício para você sem sair de casa, faça agora uma cotação e adquira online NESTE LINK

Deixe seu comentário:

logo-quesejaportugal-jpg.jpg

Viver e morar em Portugal

Escrevemos com carinho para você amar Portugal do jeito que ela é e não do jeito que querem te vender.

© 2020 Que Seja Portugal. Feito com carinho ♥️