Por que morar em Portugal?

Atualizado: há 15 horas

A similaridade dos idiomas e a ideia de que Portugal é porta de entrada da Europa fazem com que muitos brasileiros escolham o país para morar. Mas estas são boas razões?

Atualmente, a cidadania portuguesa é a mais concedida aos brasileiros. Portugal virou a menina dos olhos de quem está no Brasil, tanto para morar como para turistar.


Mas por que escolher Portugal para morar?

Esta deve ser uma decisão muito bem planejada. A língua pode ser a mesma, o clima pode ser bom e há de fato algumas facilidades para imigrantes, mas são outros fatores que devem ser levados em consideração nesta escolha.


Quer saber por que escolhi mudar para cá?


Segurança e Qualidade de Vida

Deixo este item como primeiro, pois foi a nossa razão de mudar para Portugal. Viemos em busca de uma vida mais tranquila, de segurança e de qualidade de vida.


A vida na cidade grande já estava no limite para nós, o trânsito caótico, a violência dia após dia, a insegurança de andar a pé por aí ou nos transportes públicos.


Depois que viemos conhecer Portugal, tivemos a certeza: era a vida tranquila que procurávamos. O ritmo aqui é outro, as pessoas são mais calmas (exceto no trânsito) e percebe-se que é possível aproveitar desta tranquilidade todos os dias, mesmo durante a semana.


O viver e aproveitar é muito importante para os portugueses.


Além disso, Portugal foi eleito mais uma vez este ano como o terceiro país mais seguro do mundo. A sensação de andar na rua sem preocupação é indescritível.


Vou listar aqui alguns outros fatores que podem influenciar também nesta escolha. Alguns foram levados em conta por nós e são de fato importantes. Portugal não é perfeito e muitas ideias pré-concebidas sobre o país foram se transformando depois que mudei.

Facilidades e acordos bilaterais entre Brasil e Portugal

Para quem não é cidadão europeu Portugal oferece algumas facilidades para brasileiros que desejam morar no país.


Os vistos disponíveis são de fato acordos entre Portugal e Brasil. Por isso, há muita procura por estudantes, empresários e aposentados.


Além disso, há acordos de não bi-tributação fiscal, há o Estatuto da Igualdade de Direito e Deveres, entre outras muitas facilidades pela longa relação entre os dois países.


Idioma

Sim, ambos falam português, tá certo. Mas não venha com a ilusão de que o português do Brasil é igual ao português de Portugal. Há muita diferença, muita mesmo!


Até hoje, eu não consigo entender o que algumas pessoas falam. Vai facilitar sua vida? Sim, melhor do que aprender alemão. Mas não tenha essa facilidade como ponto principal de sua decisão, mesmo porque empregos bem simples pedem inglês fluente.


Empregos

Antes de mudar, eu tinha uma ideia de que Portugal precisava muito de profissionais e jovens qualificados.


Essa concepção veio do fato de que muitos jovens portugueses abandonam o país em busca de melhores condições salariais. O salário aqui é baixo comparado ao restante da Europa. E de fato eles imigram, mas depois de estar aqui um tempo, percebi que esse movimento é feito também por falta de oportunidades.



Portugal não gera tantos empregos por ano, juntando com os salários baixos, cria um mercado de trabalho nada atrativo.


Porém, é verdade que há uma lacuna muito grande de alguns profissionais, como os de TI, engenheiros, entre outros. Falei sobre eles na live com uma especialista portuguesa em aconselhamento de carreira.


Educação

A educação em Portugal é realmente muito boa. Criança aqui não fica sem escola e desde cedo aprende-se inglês, além do português. Mais tarde, há opção para uma terceira língua.


Isso tudo na escola pública. Então, se você tem filhos ou pretende ter, o ensino público aqui é de primeira.


Saúde

Muitos optam por Portugal pelo acesso à saúde pública. É verdade que a saúde pública é de longe mil vezes melhor do que a do Brasil, mas não quer dizer que ela é perfeita.


Ela é boa e pode ser que você tenha sorte, mas, na maior parte do país, ela já está sobrecarregada. Além disso, ela não é gratuita, há pequenas taxas para serem pagas.


Porta de entrada da Europa

Sim e não. É claro que estar aqui já facilita muito poder viajar ou mesmo morar em outro país da Europa. Isso tudo pode acontecer se você estiver legal, com autorização de residência ou cidadania.


Vir sem visto não facilitará em nada. Aliás, já é difícil se adaptar e atingir seus objetivos quando se mora legalmente.


Por isso, não se iluda: planeje, pesquise e faça sua reserva financeira.


Se quiser saber os custos de vida em Portugal, tem muita informação aqui.



Por Camila Ciberi para @quesejaportugal

Leia também outros posts:

NotíciasImigraçãoRelatos DicasLugaresGastronomiaConhecimento


logo-quesejaportugal-jpg.jpg

Viver e morar em Portugal

Escrevemos com carinho para você amar Portugal do jeito que ela é e não do jeito que querem te vender.

© 2020 Que Seja Portugal. Feito com carinho ♥️